Design Instrucional

O serviço de design instrucional da GFarias vai bem além de montar cursos no Moodle. Na realidade, design instrucional é um serviço que envolve análise do contexto educacional como um todo: objetivos do curso, métricas de avaliação, perfil do aluno, recursos tecnológicos utilizáveis, conteúdo disponível, recursos humanos a serem alocados para autoria e tutoria do curso, entre outras variáveis que influenciam o trabalho de conceber e executar a estratégia de transmitir/construir conhecimento via Internet. 

O Moodle, neste contexto de trabalho de design instrucional, é apenas um elemento, que eventualmente pode vir a ser importante. Porém, é fundamental entender que o resultado do design instrucional pode simplesmente envolver outras tecnologias que não o Moodle, dependendo da demanda de aprendizagem apresentada pelo cliente. A GFarias domina estratégias pedagógicas bem variadas, que podem envolver uso de redes sociais, tecnologia de entrega de conteúdo e avaliação offline (para usuários com acesso indefinido à Internet), uso de outros ambientes virtuais de aprendizagem que não o Moodle, cursos baseados na filosofia MOOC (Massive Open Online Course), que podem dispensar ambientes virtuais, etc. Por isso é importante que para otimização de sua demanda de design instrucional, marque uma reunião virtual com a GFarias, para que nós entendamos sua necessidade e encaminhemos nossa proposta de modo a ter o melhor resultado pedagógico, de negócio, e tecnológico.

Entretanto, na maioria das vezes, o Moodle é envolvido neste processo. Assim, para ilustrar como trabalhamos, mostramos a figura abaixo. Nela são mostrados os três elementos chave no nosso processo de trabalho: nossa equipe (designer instrucional), o promotor do curso a ser concebido (o cliente) e o seu aluno (estudante). 

Tudo começa com um processo interativo entre nós e nosso cliente. O problema pedago-tecnológico é compreendido e damos um direcionamento ao caso, definindo em linhas gerais o método, a tecnologia e, ocasionalmente, o conteúdo a ser usado. Nós recebemos o conteúdo do cliente para fornecermos um plano detalhado de cursos para sua aprovação. 

id 

Uma vez que o plano de curso é aprovado, e tendo a GFarias recebido o conteúdo bruto a ser usado no curso (textos, imagens, animações, áudios...), nossa equipe vai executar a montagem do curso de acordo com o plano estabelecido. Neste momento, caso seja usado o Moodle, a GFarias mostra um grande diferencial, pois temos profissionais com alto nível acadêmico em educação a distância (nível de doutorado em Educação) ao mesmo tempo em que os mesmos têm mais de década de experiência de mercado e com formação em tecnologia. A congruência destes fatores otimiza a agiliza os cursos projetados, mitigando riscos de problemas estruturais nos cursos.

O curso concebido e aprovado é montado no servidor, o cliente valida e dá sua aprovação final sobre o curso montado. Para isso pode ser realizado testes com amostras de alunos ou através de avaliação heurísitca. Testes relativos à operação do curso também podem ser feitos, e tutores e colaboradores do cliente podem ser treinados para trabalharem de forma produtiva na publicação do curso (comércio eletrônico, atendimento de suporte técnico e pedagógico, certificação, etc.). Uma vez o curso sendo finalmente aprovado, o mesmo é liberado para acesso pelo pelo aluno, seja usando computadores, tablets ou smartphones.  

Como cada caso é um caso diferente, estamos abertos para conversarmos a respeito do seu caso e mostrarmos uma direção inicial, mesmo que vaga, para você dirigir seus esforços no sentido de fazer EAD com sucesso. Aguardamos seu contato.