Case do Terceiro Setor

No início dos anos 10 a Fundação Roberto Marinho (FRM) contratou a GFarias para fornecer hospedagem e suporte técnico para usarem o Moodle em um treinamento piloto para professores de escolas públicas espalhadas em alguns estados do país no uso de tecnologias online em processos de ensino. O objetivo era habilitar os professores no uso do Moodle para que os mesmos pudessem usar a plataforma de EAD como ferramenta de suporte no ensino de disciplinas de ensino médio em escolas públicas. 

Apesar da GFarias ser Moodle Partner que se interessa na disseminação do Moodle no ensino médio público, recomendou aos gestores do projeto da FRM que o Moodle fosse apenas a ferramenta de capacitação, mas o tema do curso fosse a família de web-services do Google: Gmail, Google Agenda, o então Google Docs, Blogger, YouTube, Maps e Google+. A GFarias delineou cursos em que os professores foram capacitados no uso deste ferramental para uso de forma integrada (um único login para acessar todos as ferramentas). 

Partindo do princípio que trabalhamos com ética antes de tudo, lembramos que apesar do Moodle ser um software livre, o TCO (Total Cost of Ownership), ou custo total de propriedade, não é zero. Afinal é necessário se ter infraestrutura de servidores para hospedar a ferramenta e suporte técnico para dar apoio ao professor, além da capacitação dada pela FRM. Atender estas demandas muitas vezes não faz parte da realidade do setor público, o que limitaria muito a eficácia da capacitação. O uso de ferramental gratuito do Google, ao contrário, permitiria que qualquer professor pudesse colocar em prática a capacitação sem precisar de custeio da infraestrutura tecnológica.

A sugestão de mudança foi acatada e o projeto tomou um rumo bem diferente do que o inicialmente planejado. O resultado foi entusiasmante, tomando como base a avaliação diagnóstica realizada ao final do curso. Os professores além de terem aprovado a metodologia com o ferramental escolhido, em muitos casos já estavam colocando em prática o conhecimento obtido na capacitação antes mesmo do curso terminar. O sucesso da iniciativa acabou sendo publicado no livro International Handbook of E-learning, com expressa autorização da Fundação Roberto Marinho. O livro é mostrado abaixo. 

FARIAS, G. F.. A Case of Distance Education Through Social Network Sites. In: Mohamed Ally; Badrul H. Khan. (Org.). International Handbook of E-learning. volume 1 .New York: Routledge, 2015, v. 2, p. 55-68.