1. ANS - Acordo de Nível de Serviço - Partindo-se da premissa de que em prestação de serviços na área de informática não existe garantia integral (100%) de nível de serviço, denomina-se acordo de nível de serviço ou ANS, para efeito do presente contrato, o nível de desempenho técnico do serviço de hospedagem em termos de tempo de funcionamento do servidor ao longo de um mês, expresso em percentual.
  2. Aplicativo Web - Programa que é executado em servidor web e acessado via Internet para realização de alguma atividade fim. No caso do foco de atuação da CONTRATADA, o aplicativo web é o Moodle, mas a CONTRATANTE pode eventualmente usar sua área de hospedagem para executar outro aplicativo web.
  3. Área de Hospedagem - Espaço virtual que a CONTRATANTE tem acesso e poder de gerenciamento, via Internet, para instalar e usar o aplicativos web desejados, podendo ser o Moodle ou outro qualquer que seja possível.
  4. Backup - Cópia dos dados referentes às informações estocadas na área de hospedagem da CONTRATANTE, para fins de segurança da informação, em formato eletrônico, de acordo com padrão tecnológico especificado pela CONTRATADA.
  5. Conexões simultâneas - quantidade máxima de conexões simultâneas que os usuários de um aplicativo web estabelecem com o banco de dados utilizado pelo mesmo para funcionar adequadamente.
  6. cPanel - aplicativo web disponibilizado pela CONTRATADA para a CONTRATANTE gerenciar sua área de hospedagem, permitindo que instale diferentes aplicativos web, gerenciar emails, protocolos de transferência de arquivos, entre outros recursos computacionais, desde que a CONTRATANTE saiba como fazer uso do mesmo. A CONTRATADA não fornece capacitação no uso do cPanel.  
  7. Datacenter - Empresa provedora de instalação tecnológica, que visa oferecer infraestrutura eletrônica, de comunicação, logística, segurança física e operacional, entre outros elementos necessários ao funcionamento ao serviço de hospedagem web fornecido pela CONTRATADA, que administra uma porção desta infraestrutura para fornecer seus serviços técnicos.
  8. Domínio web – Endereço de Internet utilizado pela CONTRATANTE para a acessar a hospedagem realizada através de um navegador como o Edge, Firefox, Chrome, Safari ou equivalente. O domínio pode ser de
    1. Domínio de primeira ordem (ou domínio próprio) - domínio web que pertence à CONTRATANTE, que tem gestão plena sobre o endereço web, através do serviço de registro de domínios:  Registro.br para domínios de Internet brasileiros (com terminação...com.br, .net.br, org.br, etc.), ou seus equivalentes para registro de domínios de Internet internacionais (com terminação .com, .net, .org., .me, .tv, etc.).
    2. Domínio de segunda ordem (ou subdomínio) - domínio web cujo endereço substitui o tradicional www dos endereços de Internet por um nome escolhido pelo detentor do domínio próprio (por exemplo: http://subdominio.dominio.com.br), e este domínio de primeira ordem pode pertencer à CONTRATADA (por exemplo: http://nucleoead.net), que disponibiliza-o apenas para facilitar o domínio web de segunda ordem para a CONTRATANTE (por exemplo: http://nome_qualquer.nucleoead.net).
  9. Entrada/saída de dados (i/o) - quantidade de dados que são lidos e escritos por segundo.
  10. Espaço em disco - espaço total para que o aplicativo web, bem como os sistemas que dão suporte ao funcionamento do mesmo, tem disponível para funcionar e armazenar dados e arquivos de trabalho.
  11. Estimativa de usuários suportados - é uma estimativa de quantos usuários que simultaneamente usam o(s) aplicativo(s) web disponível(is) na área de hospedagem são suportados pelos recursos computacionais disponibilizados para a CONTRATANTE. Trata-se de uma estimativa pelo fato de que diversas variáveis técnicas e de comportamento dos usuários podem influir no limite efetivo dos usuários suportados. Serve, portanto, apenas para dar uma ideia de capacidade de atendimento do serviço aos usuários da CONTRATANTE.
  12. Gestão operacional - gerenciamento do aplicativo web para permitir sua operacionalização no atendimento das necessidades da CONTRATANTE.
    1. Gestão operacional passiva - monitoração e intervenção no aplicativo web mediante requisição da CONTRATANTE, que por sua vez se responsabiliza por monitorar periodicamente o aplicativo web.
    2. Gestão operacional ativa - monitoração periódica do aplicativo web sem requisição da CONTRATANTE e eventual intervenção mediante autorização da CONTRATANTE, salvo em caso de força maior, como questões de segurança da informação, continuidade de serviço ou para evitar problemas operacionais iminentes.
  13. Helpdesk - aplicativo web utilizado pela CONTRATADA para gerenciar o relacionamento e comunicação com a CONTRATANTE, acessível através do endereço http://www.gfarias.com/hd. Nele a CONTRATANTE pode solicitar suporte técnico, fazer reclamações, informar dados cadastrais, acompanhar o andamento dos serviços solicitados, entre outras funções inerentes ao serviço de hospedagem, e a CONTRATADA responde, orienta, informa, enfim, oficializa a comunicação com a CONTRATANTE.
    1. Ticket - é um registro de chamado de suporte, reclamação, questionamento ou qualquer outro tipo de interação iniciado por uma das PARTES através do Helpdesk. Ao acessar o Helpdesk, ambas as partes podem verificar os tickets de suporte existentes, bem como o teor das mensagens enviadas para o mesmo,  por quem e quando foram enviadas.
    2. Integração do Helpdesk com email - o Helpdesk é integrado ao serviço de email, o que implica que mensagens enviadas pela CONTRATANTE para o endereço de email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., a partir de um endereço de email registrado no Helpdesk como pertencente à CONTRATANTE ou a um seus prepostos, automaticamente gera ticket ou é incorporado a um ticket já existente (caso o título da mensagem seja a mesma). O Helpdesk apenas aceita mensagens enviadas a partir de emails registrados nele próprio como sendo da CONTRATANTE ou de seus prepostos.  
  14. Hospedagem Web - serviço fornecido pela CONTRATADA que envolve uma área de hospedagem em um servidor de um datacenter para que a CONTRATANTE, através do uso de um domínio web, faça uso de um aplicativo web para realizar atividades online com propósito específico, dentro de limitações de área de hospedagem e tráfego de dados.
    1. Hospedagem compartilhada - hospedagem web em que um único servidor web tem seus recursos computacionais compartilhados entre a CONTRATANTE e outros clientes da CONTRATADA.
    2. Hospedagem dedicada - hospedagem web em que um servidor web tem seus recursos computacionais  cujo uso é exclusivo da CONTRATANTE.
    3. Hospedagem clusterizada - hospedagem web em que um conjunto limitado e pré-determinado de servidores web têm seus recursos computacionais utilizados conjuntamente para executar um único aplicativo web e cujo uso é exclusivo da CONTRATANTE.
    4. Hospedagem em nuvem - hospedagem web em que um conjunto de servidores web elencados dinamicamente e em tempo real para que seus recursos computacionais sejam utilizados conjuntamente para executar um único aplicativo web e cujo uso é exclusivo da CONTRATANTE.
  15. Online - qualquer fenômeno, processo, comportamento, interação ou ação que ocorra via Internet.
  16. Memória física disponível - memória de trabalho máxima, também chamada de memória RAM, disponibilizada para que o aplicativo web seja executado no servidor web.
  17. Número máximo de emails por hora - limite horário de emails permitidos para serem enviados pelo servidor, de modo a proteger a qualidade da experiência do usuário de consumo excessivo de recursos computacionais de atividade secundária (envio de emails) do aplicativo web.
  18. Número máximo de processos - limite de processos tratados pelo(s) processador(es) que podem ser executados ou estar em espera para execução por segundo.
  19. Plugin - programa aditivo ao aplicativo web responsável pela execução de uma funcionalidade específica, não necessariamente desenvolvido por quem desenvolve o aplicativo web para o qual o plugin foi criado.
  20. Processador de 2,1 GHz - processamento equivalente ao número de processadores com frequência de 2,1 GHz disponível para a hospedagem. Quando informa 100% indica que há disponível o equivalente a  um processador, quando informa 200% indica que há disponível o equivalente a 2 processadores, e assim por diante.
  21. Servidor web – máquina computacional, ou conjunto de máquinas computacionais, onde a CONTRATADA disponibiliza área de hospedagem para que a CONTRATANTE a utilize para realizar o uso de um ou mais aplicativos web.
  22. Suporte técnico - envolve o gerenciamento ativo dos recursos computacionais do servidor web necessários ao funcionamento do aplicativo web: monitoramento de segurança da informação, configuração de backups automáticos, atualização de sistemas necessários ao funcionamento do aplicativo web, entre outros. Também envolve a resolução de problemas técnicos relacionados com a infraestrutura e sistemas que suportam o aplicativo web. Não envolve gestão operacional, mas apenas a viabilização da mesma com o fornecimento de dados de acesso administrativo do aplicativo web para a CONTRATANTE.
  23. Tráfego de Dados – quantidade de informações que entra e sai do servidor de hospedagem, motivada pelo uso da área de hospedagem.
  24. Web - ambiente de Internet suportado pelo protocolo HTTP (Hypertext Transfer Protocol), responsável pelo acesso de usuários de Internet a conteúdo estático, dinâmico e serviços acessados via Internet.